sexta-feira, 17 de junho de 2016

Pagar e pagar!....


in CM
Consultando documentos atrasados, verifiquei o que já suspeitava: ganho menos hoje que em 2006. Considerando que pago bastante mais em impostos directos e indirectos, que o subsídio de Natal é fraccionado em duodécimos e que isso provoca um aumento no desconto mensal do IRS fazendo com que o décimo quarto mês desapareça e considerando ainda a inflação, o aumento de dez anos na idade (que peso!....) traduz-se-se num enorme esvaziamento da carteira.  Isto passa-se comigo e com milhares (para não dizer milhões) de portugueses. Acontece que, para além de toda a roubalheira a que o cidadão comum é sujeito através dos impostos mais abstrusos, ainda temos de pagar a roubalheira de quem se abotoa com o dinheiro alheio: veja-se o roubo do BPN, BES, BANIF, o estertor da CGD, o espernear do BCP, o vergonhoso roubo na ADSE e... nada acontece aos respectivos mandantes. O povo, esse, mas não faz que pagar e pagar!...
Por outro lado, querem que continuemos a pagar sem contestar, e que deixemos de pensar, ou que pensemos bzzzzz, porque quem não pensa bzzzz é provocado através de mensagens cobardemente ocultas através das redes sociais quando por ex., manifesta o seu claro desagrado pelo pagamento do ensino privado através de dinheiros públicos. Não que seja contra o ensino privado, mas sim contra a forma como subsistem muitos desses estabelecimentos de ensino. Na família, sempre que se precisou deste tipo de ensino (mesmo não havendo outra opção), pagou-se!...logo, se nada se deve aos apoios sociais nessa área, subsiste sempre o legítimo direito ao tratamento com equidade: não ter de pagar para os outros. 
Sou, pois, a favor do ensino público, universal e gratuito. O ensino privado deverá ser pago por quem por ele opta, excepção feita para as localidades onde não haja oferta pública acessível. Contudo, pelo facto de não haver oferta pública é pertinente a existência de 3 colégios, todos eles com contrato de associação???....Claro que não!!!...mas os lobbies continuam poderosos, daqueles que vivem à conta dos contribuintes que mais não fazem que pagar e pagar!!!....
Já agora, enquanto os docentes do ensino público foram aconselhados a emigrar, os do privado mantiveram-se nos seus redutos, sem alguma vez saberem o que é andar com a trouxa às costas a percorrer o país ao sabor de concursos com regras "bem" congeminadas. Sendo que o desemprego é das piores pragas sociais e, odiando ver o que se tem passado com o ensino público neste país, chegou a vez de muitos perceberem o que passam os "mal amados", por isso, talvez clubisticamente, a favor e com esta manif.

terça-feira, 7 de julho de 2015

Wind of Change

Em homenagem à luta do povo grego por dias melhores e, porque simboliza a queda do muro de Berlim, aqui fica. 

terça-feira, 26 de maio de 2015

ALERTA AOS APOSENTADOS


No passado sábado 23 de Maio, durante o evento "Aveiro em Formação" promovido pela JSD daquele distrito e, para agradar à malta que por lá se ria alarvemente das suas "bocas",a ministra das finanças Maria Luís Albuquerque informou-os que vai cortar definitivamente nas pensões de reforma já atribuídas (à revelia do parecer do Tribunal Constitucional, claro!), para que os bem formados jovens fiquem felizes por não terem de "sustentar" os idosos que contribuíram com os seus impostos e trabalho para o desenvolvimento do país em que vivem, assim como para a sua formação académica - já que a educação que vem de casa é fraca, assim como o sentido de cidadania.
Não espero muito deste desgoverno se o povo lhe der luz verde para ficar, pois achar-se-ão a última coca-cola do deserto e colocarão o garrote a todo o povo, principalmente aos mais indefesos para que morram depressa sem lhes darem muito prejuízo, já que não podem entregá-los a empresas privadas.
Por isso é com prazer que a informo, miss swapp - ministra gatuna, que não terá, nunca, o meu voto. Espero que a indignação alastre a todos os reformados/aposentados deste país, que também contribuíram, infelizmente, para pagarem com os seus impostos as escolas, e a universidade que a de-formou.

domingo, 26 de abril de 2015

Acordo em cima de acordo...


Ainda antes de terminarem a legislatura coligados, Passos e Portas, com o apoio do 1º elemento da troika lusa, claro, acordaram assinar novo acordo para as próximas legislativas ainda antes de prescrever aquele em que são parceiros. Acordos em cima de acordos, com promessas em cima do joelho, e a ameaça de que vem aí o bicho-papão se perderem e outro partido assumir os desígnios deste País. 
A verdade é que se ganharem, acharão que os tugas adoraram os roubos feitos, o afundanço da economia, a falência de inúmeras empresas mais as que estão a balões de oxigénio com a consequente aflição dos que por lá trabalham, o aumento explosivo do desemprego, a emigração dos mais qualificados e não só, o empobrecimento "custe o que custar", o "aguenta, aguenta", o assalto aos reformados, pensionistas e funcionários públicos, a quebra de compromissos com trabalhadores na pré-reforma, o retrocesso nas condições de ensino, na prestação de cuidados de saúde, no acesso equitativo à justiça....enfim, quatro anos que mais pareceram quarenta. Mas os destituídos mentais assustaram-se com um documento que apareceu na última 4ª feira, que será uma espécie de carta de intenções para o desenvolvimento económico do País, caso outros ganhem que não eles. Para quem disse "que se lixem as eleições", parece que as intenções mudaram, tal como as promessas feitas em campanha, claro. 
É bom que, apesar das ameaças das trevas que se aproximam se os vermes perderem as eleições, o povo não tenha a memória curta.

A última vez...


Comemora-se hoje o 41º aniversário do 25 de Abril. Como vai sendo hábito, por cá decorreu um jantar convívio na noite de 24 para 25, que terminou com a deslocação para junto do edifício dos Paços do Concelho, onde à meia noite se cantou a Grândola Vila Morena e o Hino Nacional.
Isso seria o aquecimento local para aquilo que teria de aguentar a nível nacional, se estivesse todo o dia pendurada nos diferentes canais televisivos. Vi os resumos do telejornal e, confesso que mesmo assim enjoei. A minha grande alegria deste ano é que este foi o último 25 de Abril em que discursou o pior presidente da república que este País alguma vez teve, o sr. Silva.
Viva Abril! Viva Portugal sem cavacos carunchosos!....

sexta-feira, 6 de março de 2015

Terrorismo...

O fisco lançou duas penhoras (sendo que uma foi levantada) sobre os bens alimentares oferecidos à associação  de apoio social Coração da Cidade, no Porto. Cegamente, num acto de puro terrorismo!!!!...
Não resisti, partilho o trabalho de Henricartoon.


quinta-feira, 5 de março de 2015

O garrote...


...continua a apertar cada vez mais o pescoço de quem depende dos estabelecimentos de saúde públicos. Desta vez é o Hospital de Setúbal que está em risco de perder 13 especialidades nocturnas, obrigando 350 mil pessoas a terem que deslocar-se para o Hospital Garcia da Orta,  juntando-se aos 450 mil que esta unidade já cobre. Qual virá a ser o período de espera nocturna naquele hospital???... Uma gestão contra o "facilitismo" e a "repetição de erros" apregoada pela loira do regime (a 'boa gestora' que com 6 000€ por mês não vive desafogadamente!!!...), e que só visa afunilar até ao desespero os direitos básicos dos cidadãos. Se a estupidez fosse tributável, grande carga cairia sobre esta canalha que está no poleiro!!!....