quinta-feira, 6 de maio de 2010

Aqui está...

in i
... uma possível resposta ao meu amigo e vizinho do blogue "Suplemento de Alma", sobre a sua indefinição de dia 5 de Maio. Esta sim, parece-me mais uma candidatura suprapartidária e de coesão nacional. As suas hipóteses de ganhar são, no entanto, restritas, dado que não sendo político de carreira, não tem máquina partidária por trás da sua candidatura. Veremos como as coisas evoluem, a procissão ainda nem saiu do adro e o que parece nem sempre é!...

3 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Um Presidente da República, mesmo com o papel que a nossa Constitução lhe confere, deve ser um político com carisma, no meu entender.

Abraço

João Heitor disse...

Não ser uma pessoa politizada pode ser uma vantagem... Mas obrigado amiga, pelo teu suplemento de orientação :)
Beijinhos

maria mar disse...

Ainda nem eu estou orientada! Mas que o achei simples, despretensioso e coerente, achei. E é um grande ser humano, com prestígio a nivel mundial, mais que alguns politicos de renome cá. Pelo menos nao rema contra a maré, para mais tarde vir dizer: preciso que essa maré me transporte porque sempre voguei nela.
Isto sao devaneios meus, claro que isto nunca aconteceu com MA!