quarta-feira, 12 de maio de 2010

Bem, bem, bem!...

tristeza
(imagem roubada daqui)
Enquanto uns foram peregrinar a Fátima, outros estão entretidos com a TV a ver Fátima, o Papa dá a benção ao País a partir de Fátima, o povo fica anestesiado com Fátima. Assim, os políticos estão libertos para fazerem o que bem entendem com os já parcos proventos de quem trabalha ou trabalhou. Logo que acabe Fátima e o Papa, os tugas vão cair na realidade quando se aperceberem que lhes foram ao bolso sem que dessem por isso. Logo, o governo acha e, parece que com grande lógica, que a religião é (continua a ser e dá jeito que assim seja) o ópio do povo: primeiro anestesia-o (Papa ao pequeno almoço, almoço, jantar e ceia), depois dá-lhe a cacetada! Ah! já agora, vamos ver o que faz o governo para reduzir, recuperar e reciclar (política dos 3 erres!).

3 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Ainda têm as discussões à volta dos convocados para a Selecção, os jogos da Selecção, as boas ou más decisões do "Mister", a alegria ou a tristeza de acordo com a nossa posição final, a programação das férias, etc.
Só irão acordar lá para Setembro!

Abraço

maria mar disse...

Possivelmente...tens razao Rosinha dos Ventos.
;)
Bjinho

rouxinol de Bernardim disse...

Os tres F's sempre a condicionarem o nosso dia-a-dia...