segunda-feira, 17 de maio de 2010

RIP


No dia do funeral, homenagem a um grande Português, que tanto no antes como no depois muitos tentaram silenciar. Possa o seu exemplo influenciar positivamente os que ficam, para que nunca calem, para que denunciem.

2 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

A sua última crónica que foi publicada no Expresso e ditada já do HSM onde se encontrava internado demonstra bem a fibra de que este homem era feito!
Houvesse muitos assim...

Abraço

Saltapocinhas disse...

gostava imenso de o ver/ouvir na televisão...
:(