sexta-feira, 25 de março de 2011

Cautela e caldos de galinha, nunca fizeram mal...


Segundo um estudo apresentado no DN, 40% dos deputados da Nação exercem o cargo em part-time. «São 94 os parlamentares que mantêm profissões paralelas às funções na Assembleia da República. A maioria são advogados e até há quem consiga ter três profissões. Surgem vozes a defender a exclusividade do cargo.» (excerto de artigo do Diário de Notícias de 13.03.2011)
Daí, ou não comparecem no dia da votação de cada diploma ou votam distraidamente. Só assim se pode justificar a revogação pura e simples, sem qualquer proposta de alteração, da avaliação do desempenho dos professores. Ou isso, ou o início de uma campanha eleitoral mal amanhada, que passa um atestado de incompetência à AR!...
Que a avaliação docente não estava bem elaborada, é um facto, mas que esta medida vai gerar protestos de muitas outras classes profissionais, não tenhamos dúvidas. E quem vai apanhar com este desassossego serão novamente os profs. Chama-se a isto caça ao voto. O pior é que se desconhece o que virá à posteriori....

3 comentários:

CHE SIA VICTORIA O MUERTE A TUTTI I COSTI! disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
CHE SIA VICTORIA O MUERTE A TUTTI I COSTI! disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
CHE SIA VICTORIA O MUERTE A TUTTI I COSTI! disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.