terça-feira, 29 de maio de 2012

Irresponsabilidade....


Tudo se paga neste malfadado País, até a irresponsabilidade e estupidez dos políticozecos locais, muitos deles extremamente mal preparados para as funções de edis que assumiram e outros que, através de contratos da treta esbanjaram dinheiro em obras que ninguém viu, nem vê. O Presidente Nacional da Associação de Municípios aceitou as condições impostas por Relvas para financiar os municípios endividados. Então, os que aceitarem as condições do (des)governo para se financiarem, terão de desistir das acções judiciais contra o (des)governo, assim como subirem o IMI e derrama até ao máximo previsto por lei, aumentos na factura da água...e restantes taxas municipais. Quer isto dizer que no auge da crise, os munícipes é que vão pagar os "cães" que os autarcas puseram a ladrar, mais aquilo que passou por baixo dos panos para os bolsos de muitos que andaram a surripiar. A irresponsabilidade e corrupção desta gentalha, sobra para o povo que já está estrangulado. Fernando Costa, edil de Caldas da Rainha, que se recusou penalizar os seus munícipes com o aumento do IMI em tempos de crise, já avisou que vai sair das "Àguas do Oeste" e que não aceita este tipo de negociação. Os mil milhões de euros cedidos às autarquias (que na prática são 750 milhões, uma vez que as estas terão que devolver ao estado 250 milhões do QREN) para pagar as dívidas com mais de 90 dias, vão ser pagos por todos nós. Nem Fernando Ruas, edil pró-governo, com a sua subserviência sabe muito bem o que assinou. Nós, cidadãos/munícipes, estamos fartos desta pandilha que inventa todas as formas de nos roubar.

4 comentários:

mlu disse...

Pois!... Gastaram, esbanjaram, roubaram por onde lhes apeteceu e, agora, o povo que pague e ponha as contas em dia para poder continuar o "forrobodó". E só um é que protestou? É uma vergonha!

Bjs.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Só falta acrescentar que governo empresta o dnheiro, mas quer ficar com 5% do IMI, o que significa que aprendeu rapidamente com a troika formas imaginativas de gamar.
Mais uma forma de alijar responsabilidades e atirar o odioso para cima dos autarcas.
Sabem-na toda, estes marmanjos...

maria mar disse...

As autárquicas estão logo, logo aí. E as legislativas também!!!...

Kruzes Kanhoto disse...

Mas é disto que o povo gosta. Autarca que não faça obras, desbarate dinheiro em subsídios ou não gaste à tripa forra em pseudo-actividades ditas culturais não ganha eleições. Só temos o que merecemos. E quando chegarem as próximas eleições lá vamos votar no que prometer mais e mais obra. Que é como quem diz, mais divida.