quarta-feira, 30 de maio de 2012

A vítima....

Imagem "roubada" do blogue acima

Por acaso sempre achei que a relva é uma vítima que os adultos adoram pisar, onde as crianças dão pinotes e fazem brincadeiras, adornam alguns espaços, cresce e alastra desalmadamente não fora a mão dos jardineiros que, de quando em vez, lhe dão umas tesouradas ou a aparam mais rapidamente com o chamado corta-relvas.
Para nossa má sina, um dos timoneiros deste barco meio naufragado a que chamam Portugal tem, também, o nome de Relvas. Tal como a gramínea atrás referida, é uma vítima (como, aliás, sempre achei que seria!), mas da comunicação social, das amizades e das circunstâncias. Tadiiiinho! Tenho tanta compaixão dele, como ele tem do povo ao qual enganou e estrangula juntamente com o seu capataz e outros do mesmo jaez. Não sei qual a reacção dos deputados após a sua audição no Parlamento sobre a ligação a Jorge Silva Carvalho e secretas, mas que Relvas já foi a julgamento popular, já! E a sentença não lhe é favorável.

2 comentários:

mlu disse...

É o que eu digo: anda ali na corda bamba, cai não cai...Será que cai? Se tivesse vergonha!...


Bjinhos.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É verdade, mas tal como o Isaltino, vai escapar à, sentença, até porque se ele cair o Coelho vai atrás.
Entretanto, a Maria José Oliveira despediu-se do Público...