domingo, 6 de janeiro de 2013

Porque hoje é Dia de Reis...


Recados


Neste dia, em casa dos meus avós maternos, era tradição as crianças comerem baguinhos de romã com açúcar, os adultos acrescentavam-lhe um "cadito" de vinho do Porto e pedia-se aos Reis Magos dinheiro (os bagos de romã) para todo o ano, para com ele haver pão, pedindo-se ainda saúde, paz e amor. Com o  bolo-rei vinha a tradicional fava, que obrigava aquele a quem esta calhasse a ficar com o ónus de o comprar no ano seguinte, excepção feita aos "canitos", claro! esses, estavam sempre ansiosos a ver se lhes calhava a dita, e "à coca", não fossem os adultos escondê-la para fugirem à futura despesa, eheheh!....Mas quando vinha o Dia de Reis seguinte, a verdade é que eram sempre os mesmos a comprá-lo: os avós maternos (não cheguei a conhecer os paternos). Acabou a tradição da fava (nunca vi ninguém engasgar-se com ela, mas enfim...), mantém-se a do bolo-rei e, já agora a da romã, porque não? Logo agora, que estamos tão precisados dos "baguitos"!!!...
É ainda o tempo de se cantarem as Janeiras, acompanhadas com os instrumentos tradicionais da nossa cultura.

4 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Nós já começámos a cantar as Janeiras no dia 2, na próxima segunda lá voltarei...até pode ser que no meu percurso fique a tua casa!
Também me lembro de comer romãs neste dia...até havia uma romãzeira no quintal da avó paterna do meu pai!

Abraço

mlu disse...

Por aqui, comia-se a romã com uma moedinha na mão para não nos faltarem os tais "baguitos"!
Gosto tanto de romãs!!!


Bjinhos.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Regressei ontem a Lisboa e a primeira coisa que fiz foi cumprir a tradição da romã.
Agora, estou de visita aos vizinhos da blogosfera para cumprimentos de Ano Novo.

maria mar disse...

Igualmente, Carlos. Um bom Ano Novo, pelo menos não tão mau como se espera do gajo! E, já agora, com muita saúde, estamos proibidos de adoecer.