terça-feira, 6 de agosto de 2013

Crise? Qual crise?...


Está na moda comprar para as criancas roupas de marca e, segundo parece, os representantes dos franchisings estão satisfeitos com o negócio, pois parece que tem tido uma forte adesão.  Como as criaturas crescem depressa, o vestuário rapidamente deixa de servir, mas parece que a crise ainda nao afecta  muita gente.
Segundo afirmam os media, milhares de jovens rumam ao Festival do Sudoeste, presume-se que a expensas dos respectivos progenitores que lhes fornecem fundos para a viagem, ingresso de entrada e respectiva logística na Zambujeira do Mar. Já os grandes concertos em Lisboa têm igualmente esgotado à pala desta malta nova. Diz-se por aí que há crise, que há desemprego, que baixaram os salários de quem ainda trabalha, que já cortaram nas pensões de aposentação e que ainda vão cortar mais, mas se calhar sou eu que já ouço, sinto e vejo mal!.... Quando os pais passam por privações para proverem as necessidades supérfluas das suas crias, algo vai muito mal na educacao dos nossos jovens e na mentalidade dos seus primeiros e principais educadores.

3 comentários:

Kruzes Kanhoto disse...

Razão tinha o outro. O do aguenta, aguenta!

mlu disse...

A minha fraca inteligência não chega para compreender este comportamento de muitos pais. Esquecem-se de que a vida vai negar muitas coisas aos seus meninos e que estes não vão estar preparados para o embate! E depois, fazem o quê?

Beijinhos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

E depois ainda há outra coisa que eu conto num post agendado para amanhã.
Se é com estes jovens que contamos, estamos tramados. Mas os paizinhos não são melhores...